Policlínica Fazenda Rio Grande

Dia da Saúde e Nutrição

Home>Notícias>Dia da Saúde e Nutrição
Dia da Saúde e Nutrição
Por: Dev2

Dia da Saúde e Nutrição: o hábito da boa alimentação é determinante para a manutenção da saúde

O dia 31 de março é marcado pela celebração do Dia da Saúde e Nutrição. A data estabelecida oficialmente pelo Ministério da Saúde tem como objetivo conscientizar as pessoas quanto aos benefícios da prática da boa alimentação e ainda levar à reflexão sobre como são feitas as escolhas dos alimentos para as refeições diárias.

 

A priori o foco desse dia era a alimentação equilibrada, variada e colorida. No entanto, desde 2015 a ideia é dar mais importância para a comida caseira, preparada de formas simples e baseada em alimentos mais naturais. Confira neste artigo, como a prática de uma alimentação saudável e simples é determinante para a manutenção da saúde.

De volta ao simples

Chega de fast foods, restaurantes, alimentos ultraprocessados e congelados. O caminho de volta à alimentação simples é o segredo para uma vida com saúde e bem-estar. E apesar da correria do cotidiano, o que faz com que as pessoas se alimentem mais fora de casa, nada é tão bom e importante como a comida de casa, como o velho e bom arroz com feijão, o guisadinho de verdura, a salada e uma carne. (Chega a dar água na boca).

Esse retorno ao simples, além de proporcionar saúde física, pois as refeições são mais equilibradas e com valor nutricional adequado, ainda contribui para o bem-estar emocional, uma vez que o preparo do alimento em casa remete a memórias em família e compartilhar à mesa cria muitas outras.

Sabemos o quão desafiador isso possa parecer, mas com mudanças diárias e progressivas é possível chegar lá.

Alimentação saudável: a chave para a manutenção da boa saúde

O alimento diário é o insumo básico para que o organismo esteja em pleno funcionamento (junto com a água e ar, é claro) e, portanto, as escolhas que fazemos todos os dias é que determinam a qualidade da saúde. Em outras palavras, a relação que desenvolvemos com a comida é responsável pelos impactos causados no organismo, podendo ser bons ou ruins.

De acordo com Giane Molinari, diretora da Escola de Nutrição da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), observar a qualidade e a quantidade na hora de servir o prato de cada dia é essencial, pois é possível ter muita quantidade com baixa qualidade ou vice-versa. E com isso, por um lado, a carência pode levar à deficiência de vitaminas e minerais e por outro, o excesso, ao sobrepeso e à obesidade.

Anote essas dicas…

-> O alimento é condição ESSENCIAL para a vida e ajuda no BOM FUNCIONAMENTO do organismo. Alimentação correta é aquela que é ingerida na quantidade e variedade adequadas.

-> Além disso, a boa alimentação auxilia na manutenção da saúde, na PREVENÇ O E TRATAMENTO DE DOENÇAS, no desempenho da atividade física esportiva, no controle do peso, nos estados de alergias e intolerâncias alimentares e na redução de fatores de risco para doenças crônicas.

-> Portanto, fique atento à quantidade e qualidade, pois a CARÊNCIA ou o EXCESSO de nutrientes pode levar a doenças cardíacas, obesidade, gengivites, desnutrição, diabetes, hipertensão.

-> Evite o excesso de sal e gorduras na comida, pois isso aumenta risco de HIPERTENSÃO e CARDIOPATIAS na idade adulta. E ainda doenças como DIABETES e C NCER também estão associadas à alimentação.

Conte com a Policlínica para cuidar da sua saúde e alimentação. Agende a sua avaliação com um dos nossos nutricionistas e comece hoje a praticar hábitos mais saudáveis.


Voltar
Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas